História

Em uma Região inóspita e ressequida por longos períodos de estiagem, com flora e fauna características do bioma da caatinga, onde outrora foi dominada por povos indígenas, notadamente tapuias (evidências comprovam isto). Surgiu o hoje município de Caiçara do Rio do Vento. A ocupação exploratória teve seu início em meados do século XVIII, por volta de 1734, quando a pecuária foi introduzida na região por Manoel Rodrigues Coelho, um rico fazendeiro proprietário da Data Olho d`água da Gameleira que correspondia à toda aquela região. Em 1793, também já se criava gado bovino nas margens do Rio Novo (atual Rio dos Ventos). Caiçara do Rio do Vento comemora seu aniversário em 19 de janeiro data que corresponde à da emancipação política que ocorreu no ano de 1963, quando Caiçara do Rio do Vento, um até então arruado de poucas casas e alguns estabelecimentos comerciais as margens do rio que dá origem ao seu nome, se desmembrou politicamente do município de Lages. Após sua emancipação política a cidade foi administrada pelos prefeitos: Severino Lourenço, Lourenço de Carvalho, Manoel Sinfronio Bezerra, Julio Vitorino de Andrade, Emanoel Gelson de Andrade (três mandatos), Etevaldo Câmara Lisboa (três mandatos) e Felipe Eloi Muller (dois mandatos), (2010) o Município foi administrado pelo Prefeito Francisco Edson Barbosa, que assumiu o cargo (Setembro/2009) após a renuncia do titular, Felipe Eloi Muller. Em janeiro de 2013 a abril de 2013 o município foi administrado pela prefeita interina Conceição Maria Fernandes Soares. Atualmente o município é administrado pela prefeita Conceição Maria Gomes Lisboa Rocha.

Zika Virua